Clube de Assinatura
Descoberta

Vinhos Selecionados

Seleção especial para pessoas que queiram aproveitar o melhor do Novo Mundo e as maravilhosas Joias do Velho Mundo. Com vinhos de Qualidade e preço Justo.

Seleção do Mês – Fevereiro

  • Vinho Uruguaio – Alto de La Ballena Reserva Merlot 2012 750ml
  • Vinho Chileno- Espino Reserva Especial Pinot Noir 2019 750ml
R$ 259,70/mês
Pague Menos

Assinantes tem descontos e benefícios exclusivos no site da Winerie.com

Assinatura Recorrente

Pagamento mensal, sem burocracia.

Entrega Diferenciada

Na assinatura, frete reduzido.

Vinho Uruguaio

Alto de
La Ballena

Reserva Merlot

Safra 2012

Sobre

Vinícola
Sierra De La Ballena
Localização
Sierra De La Ballena | Alto De La Ballena
Amadurecimento
12 meses em barricas novas de carvalho francês

Notas de Degustação

Visual
Rubi intenso
Aroma
Ameixas, cassis, mirtillo e tabaco
Paladar
Redondo, estruturado com taninos aveludados com acabamento persistente e longo
Corpo
Encorpado

História & Curiosidades

Alto de La Ballena é uma vinícola boutique localizada bem próxima de Punta de Leste, em Maldonado.

O terroir local é considerado especial por muitos críticos, um local pedregoso, raro nas terras uruguaias que proporciona vinhos intensos e equilibrados.

Vinho Chileno

Espino
Reserva Especial

Pinot Noir

Safra 2019

Sobre

Vinícola
Willian Fevre
Localização
D.O. Casablanca Valley - Chile
Amadurecimento
4 meses em barricas de carvalho francês de 225 L

Notas de Degustação

Visual
Vermelho leve
Aroma
Café, mais café, baunilha, então cereja e geléia de morango..incrível!
Paladar
Elegante, taninos macios, mas marcam na língua, diferente de outros Pinots, acidez bem equilibrada e final intenso e prolongado
Corpo
Leve-médio

História & Curiosidades

Preparado para conhecer um Pinot Noir leve mas com um aroma incrível de café?

O motivo do nome Espino é devido ao local onde as videiras nascem, após os espinhos.

A produção desde o início fora e é no estilo Borgonha, ou seja, em menor escala e barril por barril.

Os vinhos rapidamente chegaram a Europa, no início, apenas os Chardonnay e encantavam os europeus pela ideia de serem produzidos no alto das montanhas, em sequência com a fama dos Pinot Noirs Chilenos de Casablanca, conquistaram de vez o mercado Europeu.